Projeto do IFSul para estudantes com depressão participa de feira científica em Abu Dhabi

O trabalho, desenvolvido no câmpus Sapucaia do Sul, foi apresentado na Milset Expo-Science International (ESI) pela estudante Aléxia Pereira

0
220

Quando Aléxia Pereira e Paula Severo começaram seu trabalho de conclusão do curso técnico em Informática no ano passado, elas não imaginavam quão longe poderiam chegar. Na semana passada, Aléxia esteve na Milset Expo-Science International (ESI) em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, apresentando o projeto que ela e Paula desenvolveram.

A ESI é um evento dedicado exclusivamente à criatividade científica de jovens aspirantes a cientistas do mundo todo. A edição de 2019 ocorreu de 22 a 28 de setembro e contou com cerca de 600 projetos de estudantes de mais de 50 países. Do IFSul, outro projeto também esteve no evento: trata-se do Tabus, do câmpus Camaquã (confira).

Sobre sua participação na ESI Aléxia afirma “minha experiência foi ótima! Nunca tinha saído do país e poder fazer isso para um destino tão lindo em nome da ciência é uma oportunidade maravilhosa, além de todas as pessoas incríveis de tantos lugares diferentes que tive o prazer de conhecer”.

O projeto Phoenix desenvolvido por Paula e Aléxia consiste em uma plataforma para auxílio da comunicação de adolescentes com depressão. Foi orientado pelo professor Rodrigo Remor e coorientado pela coordenadora do curso técnico em Informática, professora Vêronica Machado, que ressaltou a importância de um trabalho produzido na educação básica chegar até uma exposição tão relevante, “ainda mais trazendo uma temática social cuja discussão é necessária”.

Antes de chegar a Abu Dhabi, o Phoenix foi premiado em várias feiras de ciências ao longo de 2018 e, em dezembro, na Mostra de Ciência e Tecnologia da Escola Açaí (MCTEA), obteve o credenciamento para a ESI 2019.

Aléxia revelou que continuará investindo em sua carreira na área de Tecnologia da Informação – TI. Atualmente, ela está cursando Engenharia de Software e trabalhando como desenvolvedora em uma empresa de TI. Paula está estudando Design e também estagiando em uma empresa de TI. Aléxia afirma que o sonho das duas para o projeto Phoenix é poder colocá-lo em produção e assim ajudar adolescentes com depressão.

Por Comunicação Social do câmpus Sapucaia do Sul

Fonte: Instituto Federal Sul-rio-grandense