EEP/FUMEP promove competição entre as Engenharias e motiva participação dos ingressantes

0
192

A Competição Pontes de Macarrão promovida na manhã do último dia 01 de junho pelo curso de Engenharia Civil da EEP/FUMEP reuniu sete equipes participantes e teve como vencedora a equipe 3, composta pelas alunas Natalia Mackey, Jhulia Ramos e Amanda Blumer Parolina. Elas construíram uma ponte pesando apenas 750 gramas que suportou 64,18 quilos.

“As demais pontes suportaram em média 63, 53, 48, 32, 11 e 6 quilos”, revelou o engenheiro e professor Antônio Carlos Coelho, coordenador do evento. Segundo ele, a proposta é promover a confraternização e a integração entre os novos alunos e, ao mesmo tempo, proporcionar experiências que motivem para o estudo da mecânica e resistência de materiais.

Ele lembra que a competição estimula a habilidade técnica, promove o conhecimento para a solução de problemas de engenharia e projeção de sistemas estruturais simples, estimulando a criatividade, a competitividade saudável e a aceitação de desafios em equipe.

Segundo Coelho, as equipes, compostas por alunos ingressantes dos cursos das Engenharias Civil, de Produção, Mecânica e Mecatrônica, se empenharam na construção de suas pontes durante as atividades coordenadas em sala e acompanharam ansiosos a competição.

Ele revela que, este ano, a Competição teve como novidade a realização de um ensaio destrutivo de ponte feita exclusivamente de palitos bambu. “A ponte pesou 530 gramas e suportou uma carga de 196 quilos”, disse, mostrando-se impressionado com o resultado.

Ele conta que a experiência surgiu devido à necessidade de propor novos processos e produtos com vistas à sustentabilidade e à redução de custos. “O bambu é um produto natural, encontrado em abundância na própria FUMEP e que demonstrou apresentar maior resistência para cargas muito maiores”, disse. Ele revela a intenção de alterar o regulamento do Concurso Pontes de Macarrão para que, nas próximas edições, as pontes de bambu também tenham seu espaço.

Fonte: Escola de Engenharia de Piracicaba