Estudantes da UFPE apresentam pesquisa sobre a peçonha do escorpião amarelo

0
213

Pesquisa realizada no Centro Acadêmico de Vitória (CAV/UFPE), pelos estudantes André F.A. Lira (doutorando em Biologia Animal), Adriana B. Santos e Nathália A. Silva, que contribui para discussão a respeito da importância da peçonha de escorpiões da espécie Tityus stigmurus com relação ao comportamento alimentar, é destaque na Springer Animal Science, importante plataforma de divulgação científica internacional.

A pesquisa, supervisionada pelo professor René D. Martins, foi desenvolvida no Laboratório de Fisiologia e Farmacologia/Laboratório de Bioquímica Geral, Molecular e do Exercício do CAV, onde os animais são mantidos e as experimentações realizadas. O trabalho se encontra publicado com o título “Threat level influences the use of venom in a scorpion species, Tityus stigmurus (Scorpiones, Buthidae” , no periódico acta ethologica, october 2017, Volume 20, Issue 3, pp 291–295.

Escorpiões amarelos da espécie Tityus stigmurus são comuns no Nordeste do Brasil e responsáveis por inúmeros acidentes no Estado de Pernambuco. Em pesquisa recente realizada no CAV/UFPE, pelo grupo de pesquisas Farmacologia de Substâncias Bioativas: Toxinas, produtos naturais e sintéticos, liderado pelo professor René Duarte Martins, observou-se que estes animais podem regular o uso do veneno de acordo com o nível de ameaça presente no ambiente.

Na pesquisa, também ficou evidenciado elevado nível de ataque destes aracnídeos diante de possíveis presas, característica da família Buthidae, fato que justifica a prevalência de acidentes por estes animais com relação às outras espécies de escorpiões existentes em Pernambuco.

Fonte: Universidade Federal do Pernambuco