Professor de Filosofia da UFPE analisa críticas ao capitalismo

Érico Andrade aponta que a crítica a esse regime confunde-se com a própria história do capitalismo

0
41

O professor e chefe do Departamento de Filosofia da UFPE Érico Andrade publicou o livro “Sobre Losers: fracasso, impotência e afetos no capitalismo contemporâneo”, em que aponta que a crítica a esse regime confunde-se com a própria história do capitalismo. Segundo o autor, “qualquer contribuição teórica que vise compor esse arsenal crítico corre o risco de ser repetitiva; contudo, articular uma compreensão da existência na qual a vulnerabilidade ocupa o primeiro plano, em face da cultura capitalista do empoderamento, está longe de ser uma obviedade”. A publicação se encontra à venda no site da editora CRV.

“É nesse sentido que a obra lança mão de uma interpretação da condição humana, cujo foco está na acidentalidade (contingência) da existência que nos faz sermos um tempo tanto irreversível quanto imprevisível, para mostrar o caráter fantasmático do desejo de ser empreendedor de si mesmo. Se o discurso liberal lastreia a posição capitalista, conforme a qual a autodeterminação da vontade consiste no veículo para a autopromoção profissional, é preciso sublinhar os limites ontológicos para a nossa autodeterminação, e como o capitalismo converte esses limites numa impotência individual, formando a classe de losers. Com o conceito de loser é possível vislumbrar como são articulados e mobilizados diversos afetos que nos imputam a culpa por não controlarmos aquilo que nunca nos foi facultado possuir: o tempo”, resume a sinopse da obra.

Fonte: Universidade Federal de Pernambuco